CARNAVAL

  • 10.JPG
  • 11.JPG
  • 1.JPG
  • 7.JPG
  • 15.JPG
  • 9.JPG
  • 13.JPG
  • 4.JPG
  • 14.JPG
  • 12.JPG
  • 2.JPG
  • 8.JPG
  • 3.JPG
  • 6.JPG
  • 5.JPG

Cantinho da Madeira

Email: This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Tangerinas do Natal

A tangerina é um dos frutos carateristicos da época natalícia. O aroma e o sabor distinguem a tangerina regional das importadas. Só chegam ao mercado no final de novembro e muitas vezes apenas em dezembro. Regra geral são vendidas com as folhas junto ao fruto. 

É comum colocar-se tangerinas na tradicional "lapinha em escadinha" juntamente com outros frutos da época. 

A tangerina é também apreciada sob a forma de licor caseiro. A preparação é simples. As cascas de cor amarelo-esverdeadas são colocadas em infusão no álcool ou aguardente durante uns dias. Passado esse período a infusão (depois de coada) é adicionada a uma calda de água e açúcar (em proporções iguais), previamente preparada. 

Este fruto típico do Natal Madeirense é também utilizado na produção da tradicional Poncha.

As tangerinas regionais podem ser compradas nas bancas de venda ambulante espalhadas pela cidade, com preços a variar entre os 3 e os 5€ por cada quilo.

A tangerineira é cultivada em toda a região embora com maior incidência nos concelhos do Funchal, Santa Cruz, Câmara de Lobos e Ribeira Brava.

Gala do Fado

A Praça do Peixe do Mercado dos Lavradores, no Funchal, voltou a receber a Gala do Fado. A iniciativa apoiada pela Câmara Municipal contou com a participação de 28 fadistas amadores com idades compreendidas entre os 12 e os 83 anos.

Luzes da Festa

No primeiro dia de dezembro o entardecer no Funchal foi mais colorido. Acenderam-se as luzes da festa. A Avenida do Mar, um dos pontos de referência da cidade, vestiu-se de várias cores. As iluminações nas árvores, no cais do Funchal e em alguns edifícios deram uma nova vida.

A recém criada Praça do Mar recebe uma árvore de Natal iluminada em tons de vermelho com uma altura de 30 metros. 

Já a Praça CR7 recebe um outro pinheiro gigante. Em redor foram montadas barracas com algumas das iguarias tradicionais da época. Este ano os pinheiros gigantes espalhados pela cidade do Funchal são também uma forma de homenagear a comunidade madeirense espalhada pelo mundo.

A Placa Central, na Avenida Arriaga é outro dos pontos de passagem obrigatória. As bolas tridimensionais preenchem a tipica Rua Fernão de Ornelas.

Nos pontos turísticos da Cidade, Lido e Ajuda, as ruas também foram decoradas a rigor com iluminação LED, ou seja, de baixo consumo energético.

Mau tempo a caminho

O estado do tempo vai agravar-se na Madeira e Porto Santo nas próximas horas. A previsão de chuva intensa, vento forte e elevada ondulação levaram o Instituto Português do Mar e Atmosfera a colocar o arquipélago sob "aviso laranja" até sábado.

António Miguel

O madeirense António Miguel Jardim é músico, vocalista, instrumentista de viola e guitarra portuguesa.

Foi entrevistado por João Luís Mendonça no Programa "Aplauso" no Posto Emissor do Funchal a 10 de junho de 1995.

Uma viagem no tempo onde o artista dá a conhecer o percurso pelo mundo da música onde se inclui uma passagem pelo continente.

by António Jardim

Dezembro: mês da Festa

O Natal é a principal festa da tradição madeirense. Por essa razão, nos meios rurais este período é referido apenas como a “Festa” evidenciando a importância do Natal para a grande maioria da população. É comum ouvir-se a expressão: “Estamos quase a chegar à Festa”.

Os preparativos para o Natal começam bem cedo. Em muitos lares é hábito as famílias procederem a uma limpeza profunda das casas e até pequenos retoques ao nível de pintura não são esquecidos. Começa também a confeção de diversas iguarias e doces, nomeadamente o afamado bolo de mel, as broas, os licores caseiros e mais tarde a carne de “vinho-e-alhos”: um dos pratos mais afamados da culinária madeirense.

Os estabelecimentos comerciais antecipam-se à quadra e já no mês de Novembro, ou até antes, as montras das lojas ficam engalanadas para atrair os clientes e os artigos próprios da época começam a ser vendidos. As ruas ganham nova dinâmica que se prolonga até ao início de Janeiro, uma vez que as festividades do Natal surgem associadas às manifestações de regozijo pela chegada do Ano Novo.  

Deste modo, as tradições da “Festa” seguem um ritual que se inicia com as iluminações e termina com o Dia de Reis, a 6 de Janeiro.

Page 4 of 88

Cantinho da Madeira

O Cantinho da Madeira é um projeto direcionado para a comunidade lusófona criado em julho de 2006. O portal, sem fins lucrativos, contempla uma rádio online com programas regulares produzidos por portugueses na diáspora.
Somos Marca Nacional com registo na Sociedade Portuguesa de Autores.

Nossos visitantes

6369184
HojeHoje4747
OntemOntem3542
Aviso! Este site utiliza cookies para melhorar e personalizar a navegação dos utilizadores. Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree