Fadista Zé António

  • DATE 28/06/2015

"A minha história na música começou aos 15 anos quando acompanhava o meu pai". Foi com estas palavras que o fadista Zé António começou por explicar a entrada para o mundo da música. Participava em "aniversários", "casamentos e no Natal andávamos de porta em porta".

"Tudo o que eu sei: rajão, braguinha, viola e acordeão aprendi pela minha cabeça" recorda José António em entrevista ao Programa "Cantinho do Fado".

"Aos 17 anos já tinha gravado uma cassete com o fado Duas Campas" relata o artista madeirense.

O primeiro trabalho discográfico foi lançado no ano 2010: "uma brincadeira que pegou", frisa nesta conversa. Os guitarristas "Marco e Sérgio Abrantes vieram do Continente". "Fado das Horas"; "Sonho desfeito"; "Zanguei-me com o meu amor"; "Heroína do Campo", são alguns dos temas que integram este CD.

Atualmente conta com 7 trabalhos gravados e promete para breve um novo lançamento.

José António teve ainda oportunidade de revelar um pouco da coleção de discos em vinil que acumula ao longo de vários anos.

A esta entrevista junta-se também Manuela, esposa do artista Zé António. Entrou no mundo da música contagiada pelo fadista madeirense.

 

 

Lido 1696 vezes Última alteração em quinta-feira, 22 fevereiro 2018 23:26

Artigos relacionados

Visitantes

8074738
Hoje2371

O Cantinho da Madeira nasceu no ano 2006 com o objetivo de promover a Região Autónoma da Madeira, em especial junto da comunidade portuguesa no mundo.

Descarregue as nossas APP´s
para iOS e Android

Top
Aviso! Este site utiliza cookies para melhorar e personalizar a navegação dos utilizadores. More details…