Retratos da Madeira

  • 34A.jpg
  • 12A.jpg
  • 4A.jpg
  • 26A.jpg
  • 22A.jpg
  • 31A.jpg
  • 23A.jpg
  • 28A.jpg
  • 3A.jpg
  • 35A.jpg
  • 29A.jpg
  • 21A.jpg
  • 18A.jpg
  • 1A.jpg
  • 5A.jpg
  • 37A.jpg
  • 15A.jpg
  • 11A.jpg
  • 20A.jpg
  • 27A.jpg
  • 25A.jpg
  • 6A.jpg
  • 10A.jpg
  • 16A.jpg
  • 33A.jpg
  • 19A.jpg
  • 24A.jpg
  • 17A.jpg
  • 13A.jpg
  • 50.jpg
  • 9A.jpg
  • 32A.jpg
  • 7A.jpg
  • 8A.jpg
  • 36A.jpg
  • 14A.jpg
  • 30A.jpg

Festa da Flor 2016

"Madeira - Uma Flor, uma Festa" é o tema genérico da edição 2016 da Festa da Flor. O evento é organizado pela Secretaria Regional da Economia, Turismo e Cultura e pela primeira vez vai decorrer durante 2 semanas, entre 7 e 17 de abril.

A Thomson Airways assegura uma ligação direta de Birmingham, no Reino Unido, para o Porto Santo já a partir de 25 de maio. Esta operação, de caráter sazonal, será realizada com uma frequência semanal, até 28 de setembro de 2015, sendo retomada em maio de 2016.

Gigante dos Mares

Centenas de madeirenses e turistas concentraram-se na Avenida do Mar para assistir à estreia do navio "Anthem of the Seas" no Porto do Funchal. 

Cabo Girão

Situado na freguesia da Quinta Grande, o Cabo Girão, é ponto obrigatório de paragem do circuito turístico madeirense. Com 580 metros de altitude, é o maior promontório da Europa e o segundo mais alto do mundo. A considerável altitude constitui um atrativo particular para os viciados em “adrenalina”. O local oferece condições excecionais para a prática de desportos radicais como parapente e base-jumping (modalidade que envolve salto de edifícios, pontes, antenas e falésias). O para-quedista português Mário Pardo, conhecido pelas aventuras no ar, fez do Cabo Girão um espetacular salto de mota.

» A origem

Segundo reza a história, o nome Cabo Girão terá sido atribuído por João Gonçalves Zarco no período da descoberta da Ilha. A escarpa terá servido de referência aos descobridores como o fim do giro (volta) no primeiro dia de reconhecimento do litoral da Madeira.

Na verdade, a partir do miradouro é possível obter uma fantástica vista panorâmica da costa desde Câmara de Lobos até à baía do Funchal. É por isso um local muito frequentado por turistas.

A localização estratégica levou mesmo à construção, nas redondezas, de um aldeamento turístico onde se incluem áreas de alojamento, agricultura e jardim. Um projeto inaugurado em 2006.

» As fajãs

Outro fator de atração são as fajãs visíveis no fundo do Cabo Girão, junto ao mar. São pequenas áreas de terra cultivadas com produtos regionais. A origem poderá ter estado num grande desmoronamento ocorrido em 1930. Uma deslocação de material que terá provocado, de acordo com os jornais da época, uma enorme onda que invadiu Câmara de Lobos provocando a morte de dezenas de pessoas que se encontravam na Praia do Vigário.

Antigamente o acesso às Fajãs era feito apenas por barco. Em 2003, surgiu um elevador que permite aos agricultores uma deslocação mais rápida.

Poucos metros acima, encontramos a Capela de Nossa Senhora de Fátima, construída em 1931. É um dos principais locais de peregrinação da Ilha, sobretudo no mês de Maio. No cimo da montanha, com vista privilegiada para o mar e para a serra, juntam-se milhares de fiéis em oração.

Estima-se que o miradouro receba, anualmente, mais de 300 mil visitantes. Pelo Cabo Girão passaram em 2009, o Presidente da República e os Reis de Espanha por ocasião da visita oficial à Região Autónoma. Na altura, elogiaram a vista espetacular que a falésia oferece.

O Cabo Girão passou por um projeto de requalificação avaliado em quase 2 milhões de euros. Incluiu a criação de novas acessibilidades, tratamento paisagístico, centro de exposições e a construção de uma plataforma de vidro que permite ao visitante experimentar a sensação de estar suspenso sobre o mar.

Turismo

O turismo é um setor fundamental para o desenvolvimento da Madeira. É a principal atividade económica da Região Autónoma. Desde cedo a Ilha despertou o interesse de cidadãos estrangeiros atraídos pelo clima ameno e pela natureza. 

Atualmente a maioria dos turistas chega do Reino Unido, Alemanha, França e de Espanha, nos meses de inverno. No verão a afluência é maior dos países da Europa do Sul. O mercado continental tem também um peso importante nas estatísticas do turismo madeirense.

 

Enquanto na Madeira a presença de turistas é uma realidade ao longo de todo o ano, no Porto Santo assistimos a uma forte sazonalidade. A Ilha, conhecida pelo extenso areal, é mais procurada nos meses de verão, em particular no mês de agosto.

De acordo com as estatísticas do "Turismo de Portugal" a Madeira tem cerca de 30 mil camas na hotelaria. A maior parte das unidades está concentrada na costa sul da Ilha da Madeira, em particular no Concelho do Funchal. Note-se, contudo, o incremento do turismo rural nos locais mais diversos da Ilha.

 Os micro-climas estão bem presentes na Região Autónoma. O relevo e os ventos predominantes são responsáveis pela heterogeneidade climatológica que carateriza a Ilha. A costa norte está mais exposta ao frio e à chuva, enquanto que no Sul o clima é bem mais ameno e as temperaturas, regra geral, são mais elevadas. 

O verão é relativamente prolongado, quente e seco (temperatura média de 23ºC) a que os naturais da Madeira chamam muitas vezes “vento leste”. O inverno é ameno e por vezes chuvoso com temperaturas médias da ordem dos 17ºC. As primeiras chuvas aparecem em outubro e prolongam-se até abril.

A temperatura da água do mar mantém-se acima dos 22ºC no verão baixando ligeiramente no inverno até os 18ºC. No Porto Santo o clima é mais uniforme.

ANIMAÇÃO NOTURNA

O visitante tem à escolha um programa variado de animação noturna mais acentuado nos meses de Verão e nas noites de sexta-feira e de sábado. Estão ao dispor cafés, casas de fado, pubs, clubes nocturnos, discotecas e ainda um casino no Funchal.

ECONOMIA

O sector terciário domina a economia da Região Autónoma da Madeira, sendo o turismo a maior fonte de receitas. A agricultura tem pouca expressão. Destaca-se a produção de banana, dirigida fundamentalmente para o consumo local e o conhecido Vinho Madeira.

No sector industrial têm expressão as actividades de caráter artesanal (bordados, tapeçarias, vime, entre outros) e outras orientadas para o mercado regional (construção civil, panificação e pastelaria, cerveja, tabaco, vinho e laticínios).

Porto Santo

A Ilha do Porto Santo foi descoberta, oficialmente, em 1418 pelos navegadores portugueses João Gonçalves Zarco e Tristão Vaz Teixeira e Bartolomeu Perestrelo. Foi ali que nasceu a epopeia dos descobrimentos portugueses, pois foi o Porto Santo a primeira ilha a ser descoberta pelo povo lusitano.
O povoamento da Ilha Dourada foi feito por Bartolomeu Perestrelo, a pedido do Infante D. Henrique. De acordo com os historiadores, Cristóvão Colombo terá habitado o Porto Santo após o casamento com Filipa Moniz, a filha de Bartolomeu Perestrelo. Foi a partir de uma casa situada na Vila, hoje transformada em Museu, que Cristóvão Colombo preparou a viagem rumo à Descoberta da América. 

Em 1835, o Porto Santo foi elevado a concelho com uma única freguesia. Mais tarde, a 06 de Agosto de 1996 foi "promovido" à categoria de Cidade.
A praia de areia amarela, com uma extensão de 9 km, é o grande motor da actividade turística. A areia fina é composta por organoplastos (restos de seres vivos marinhos) com qualidades terapêuticas. Está comprovado o efeito no alívio de dores reumáticas e na recuperação de fracturas ósseas.
A construção do aeroporto (1960) e posterior ampliação (1973) criou condições para a expansão económica e turística da Ilha

Localização

Situada em pleno Oceano Atlântico, o Porto Santo dista 500 km de África; 900 km a sudoeste de Lisboa; 1300 km dos Açores e apenas a 50 km da Ilha da Madeira.

População: 5 363 habitantes (Censos 2011)

Área: 42 km2

Festas e Romarias Principais: a mais significativa é a dedicada a São João.

Oragos: Nossa Senhora da Piedade

Feriado: 24 de Junho

Page 1 of 2

Cantinho da Madeira

O Cantinho da Madeira é um projeto direcionado para a comunidade lusófona criado em julho de 2006. O portal, sem fins lucrativos, contempla uma rádio online com programas regulares produzidos por portugueses na diáspora.
Somos Marca Nacional com registo na Sociedade Portuguesa de Autores.

Nossos visitantes

6267989
HojeHoje511
OntemOntem2286
Aviso! Este site utiliza cookies para melhorar e personalizar a navegação dos utilizadores. Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree