Freguesias da Ribeira Brava Campanário Arquivo Cantinho da Madeira

Freguesias da Ribeira Brava

  • DATE 23/02/2014

O vale que atravessa a freguesia é a imagem de marca da freguesia da Ribeira Brava. A ribeira nasce a mais de 300 metros de altura e tem 8 quilómetros de percurso. Em termos históricos saliente-se que a Ribeira Brava foi elevada à categoria de vila em 1928.

Tem 18 km2 e uma população a rondar as 6 500 pessoas. Nesta freguesia poderá visitar a Igreja de São Bento. É considerado um dos mais antigos templos rurais desta diocese, tendo passado por diversos acrescentos e modificações, mas a primeira edificação não deve ser posterior à segunda metade do século XVI. É nesta freguesia que se realiza uma festa bem popular: a de São Pedro.

Serra de Água

O nome desta freguesia deve-se aos mecanismos (engenhos mecânicos) que utilizam a força de uma das ribeiras que desagua na Ribeira Brava. Como freguesia, a Serra de Água foi estabelecida em 1680. Está implantada no sopé de altas montanhas muito apreciadas por quem nos visita. Anualmente, no mês de Janeiro, realiza-se a Mostra de Artesanato na Serra d´Água também conhecida por Feira da Poncha. A população residente é de 1048 pessoas (Censos 2011).

Campanário

É a segunda freguesia mais populosa do Concelho da Ribeira Brava. De acordo com os últimos Censos a freguesia é composta por 4 471 pessoas. O seu nome está associado aos descobrimentos.  Reza a história que os navegadores ao passarem pelo Cabo Girão, no século XV, viram um pequeno Ilhéu que lhes pareceu ter a forma de campanário que surgia entre o mar do litoral sul da ilha. Alguns anos depois, esta localidade passou a chamar-se Campanário.

O Calhau da Lapa é uma das referências da freguesia.

Calhau da Lapa

A produção de cereais (trigo e centeio) foi, em tempos, um dos pontos fortes desta freguesia. Durante alguns anos até ocorria exportação destes produtos para o norte de África.

Atualmente a pacata freguesia tem como atividades económicas, a agricultura e o pequeno comércio afetado com a construção da via rápida. O percurso antigo pela estrada regional passou a ser uma segunda opção para a grande maioria das pessoas que se desloca à Ribeira Brava. Graças à Via Rápida é possível chegar do Funchal ao Campanário em menos de 10 minutos, em viatura particular.

A título de curiosidade, saliente-se que a freguesia do Campanário esteve inicialmente integrada no concelho do Funchal até 1835. Mais tarde pertenceu a Câmara de Lobos e depois ao Concelho da Ribeira Brava.

Última alteração em domingo, 20 agosto 2017 23:07

Artigos relacionados

Visitantes

7628054
Hoje2419

O Cantinho da Madeira nasceu no ano 2006 com o objetivo de promover a Região Autónoma da Madeira, em especial junto da comunidade portuguesa no mundo.

Descarregue as nossas APP´s
para iOS e Android

Top
Aviso! Este site utiliza cookies para melhorar e personalizar a navegação dos utilizadores. More details…