Em Nome da Lei: Pensão de Alimentos

  • DATE 29/06/2020

A Lei portuguesa obriga a que o progenitor a quem não é concedida a guarda do filho menor pague uma pensão de alimentos.

A pensão de alimentos não se destina apenas a suportar as despesas de alimentação tidas com o menor, mas tem em conta todos os gastos relacionados com o bem-estar e crescimento da criança, tais como vestuário, habitação, transportes, escolaridade e educação, saúde, etc.

O que acontece se o progenitor obrigado a pagar a pensão de alimentos sofrer uma redução de ordenado devido à Pandemia? Continua obrigado a manter o valor estabelecido pelos tribunais ou acordado com o outro progenitor(a)?

A explicação é dada pela Dra. Silvia Alves Páscoa da Sociedade de Advogados Mano & Rodriguez.

Lido 332 vezes

Artigos relacionados

Visitantes

10298616
Hoje2406

O Cantinho da Madeira nasceu no ano 2006 com o objetivo de promover a Região Autónoma da Madeira, em especial junto da comunidade portuguesa no mundo.

Descarregue as nossas APP´s
para iOS e Android

Top
Aviso! Este site utiliza cookies para melhorar e personalizar a navegação dos utilizadores. More details…