ÚLTIMAS RCM

  • Já validou as faturas no Portal das Finanças? Conheça os prazos.
  • Valter Duarte: "The Villain".
  • Vozes do Atlântico - Max. Recorde o vídeo.
  • Dias da Festa: Gastronomia na Venezuela
  • Dias da Festa: regresso dos "embarcados"
  • Dias da Festa: Dia da Imaculada Conceição
  • Dias da Festa: Sinais do Natal
  • DECO alerta para uso correto do cartão de crédito. Oiça as recomendações.
  • Comerciantes podem recusar pagamento em dinheiro? Oiça a resposta.
  • Francisco: o "homem das castanhas". Veja o vídeo.
  • DECO deixa recomendações para combater a inflação.
  • Bolsas de estudo e outros apoios para o ensino superior. Saiba o que está disponível.
  • Como obter o subsídio de mobilidade? Siga as recomendações da DECO.
  • Bolo do Caco é um dos melhores pães do mundo. Espreite o vídeo.
  • DECO recomenda cautela na escolha de alojamento. Oiça os conselhos.
PUB
  • DATE 29/06/2020

A Lei portuguesa obriga a que o progenitor a quem não é concedida a guarda do filho menor pague uma pensão de alimentos.

A pensão de alimentos não se destina apenas a suportar as despesas de alimentação tidas com o menor, mas tem em conta todos os gastos relacionados com o bem-estar e crescimento da criança, tais como vestuário, habitação, transportes, escolaridade e educação, saúde, etc.

O que acontece se o progenitor obrigado a pagar a pensão de alimentos sofrer uma redução de ordenado devido à Pandemia? Continua obrigado a manter o valor estabelecido pelos tribunais ou acordado com o outro progenitor(a)?

A explicação é dada pela Dra. Silvia Alves Páscoa da Sociedade de Advogados Mano & Rodriguez.

Lido 1170 vezes

Artigos relacionados

Visitantes

17483719
Hoje4729

Associação Cultural e Recreativa Cantinho da Madeira
NIPC 517 099 950
Registo na ERC: 700067

Descarregue as nossas APP´s
para iOS e Android

Top
Aviso! Este site utiliza cookies para melhorar e personalizar a navegação dos utilizadores. More details…