ÚLTIMAS RCM

  • SOS Consumidor - Serviços publicos essenciais
  • Em nome da lei - Alterações laborais
  • Hora do Conto - Joia interior
  • Sementes de Fé - O perdão
  • Raíz do Pensamento - Sem hora marcada
  • Brasil, Músicas Mil - Fafá de Belém
  • Gente da Minha Terra - Lourdes Castro
  • Banda Fixe - 25 anos a cantar
  • SOS Consumidor - Renegociar créditos
  • Sementes de Fé - A família
  • Em nome da lei - Embargos de terceiro
  • Décio lança em abril a "Ponchinha cura"
  • SOS Consumidor - Frutos secos
  • Compras online e direitos do consumidor
  • SOS Consumidor - Brinquedos de Natal
  • DATE 18/01/2021

A violência doméstica vai muito além da violência física. É definida como um padrão de incidentes de comportamento controlador opressivo-repressivo, ameaçador, degradante e violento, incluindo a violência sexual. Na maioria dos casos este comportamento tem como protagonista o parceiro ou ex-parceiro mas também por um membro da família. Na maioria dos casos a violência doméstica é vivida por mulheres e levada a cabo por homens. 

A pandemia provocada pelo novo coronavírus fez disparar a violência doméstica. Uma recente pesquisa indica que 2/3 das mulheres em relacionamentos abusivos sofreram mais violência por parte dos parceiros.

A psicóloga Marta Almeida presta apoio a vítimas de violência doméstica e alerta na rubrica "Humanamente Falando" para alguns sinais preocupantes. A psicóloga recomenda a denuncia das situações de violência doméstica.

Lido 545 vezes Última alteração em segunda-feira, 18 janeiro 2021 23:26
Tagged under:

Artigos relacionados

Visitantes

12740184
Hoje1027

O Cantinho da Madeira nasceu no ano 2006 com o objetivo de promover a Região Autónoma da Madeira, em especial junto da comunidade portuguesa no mundo.

Descarregue as nossas APP´s
para iOS e Android

Top
Aviso! Este site utiliza cookies para melhorar e personalizar a navegação dos utilizadores. More details…