ÚLTIMAS RCM

  • Já validou as faturas no Portal das Finanças? Conheça os prazos.
  • Valter Duarte: "The Villain".
  • Vozes do Atlântico - Max. Recorde o vídeo.
  • Dias da Festa: Gastronomia na Venezuela
  • Dias da Festa: regresso dos "embarcados"
  • Dias da Festa: Dia da Imaculada Conceição
  • Dias da Festa: Sinais do Natal
  • DECO alerta para uso correto do cartão de crédito. Oiça as recomendações.
  • Comerciantes podem recusar pagamento em dinheiro? Oiça a resposta.
  • Francisco: o "homem das castanhas". Veja o vídeo.
  • DECO deixa recomendações para combater a inflação.
  • Bolsas de estudo e outros apoios para o ensino superior. Saiba o que está disponível.
  • Como obter o subsídio de mobilidade? Siga as recomendações da DECO.
  • Bolo do Caco é um dos melhores pães do mundo. Espreite o vídeo.
  • DECO recomenda cautela na escolha de alojamento. Oiça os conselhos.
PUB
  • DATE 11/05/2021

O problema é comum na sociedade atual.

Alguns cidadãos têm dívidas e não as conseguem pagar.
A chamada "exoneração do passivo restante" aplica-se em caso de insolvência pessoal e permite aos devedores obter o perdão das suas dívidas que não sejam integralmente pagas no processo de insolvência após a liquidação do património devedor ou nos 5 anos posteriores ao encerramento do processo.
 
Significa que após este período o devedor poderá ver perdoadas as suas dívidas que ainda não tinham sido pagas.
 
A Dra. Cátia de Almeida Pereira, da Sociedade de Advogados Mano e Rodrigues, esclarece as condições para beneficiar deste mecanismo previsto na lei.
 
Lido 732 vezes Última alteração em quinta-feira, 13 maio 2021 06:46
Tagged under:

Artigos relacionados

Visitantes

17483667
Hoje4677

Associação Cultural e Recreativa Cantinho da Madeira
NIPC 517 099 950
Registo na ERC: 700067

Descarregue as nossas APP´s
para iOS e Android

Top
Aviso! Este site utiliza cookies para melhorar e personalizar a navegação dos utilizadores. More details…