ÚLTIMAS RCM

  • SOS Consumidor - Tarifa Social de Internet
  • Em nome da lei - Ruídos no condomínio
  • Em nome da lei - Heranças indivisas
  • Em nome da lei - Beneficiários de herança
  • SOS Consumidor - Conta de serviços mínimos bancários
  • SOS Consumidor - Agravamento do custo de vida
  • Em nome da lei - Gestação de substituição
  • Em nome da lei - Acidentes em teletrabalho
  • SOS Consumidor - Aumento do custo de vida
  • Em nome da lei - Sanções da União Europeia
  • SOS Consumidor - Poupe água
  • Novos prazos para crédito à habitação
  • Sementes de Fé - 3º Domingo da Quaresma
  • SOS Consumidor - Dia Mundial Direitos do Consumidor
  • Em nome da lei - Prescrição de dívidas
  • DATE 25/04/2022

O testamento é um documento importante para que os desejos sejam cumpridos após a morte, podendo inclusive, designar nesse testamento uma pessoa encarregue de o fazer cumprir.

O testamento é absolutamente sigiloso e os herdeiros só terão conhecimento do seu conteúdo após a morte do testador.

No entanto, quando se pretende deixar a herança aos herdeiros legitimários (cônjuge, descendentes e ascendentes) não é necessário fazer testamento.

Para beneficiar mais alguém (pessoa com quem se vive em união de facto, irmão, amigo ou empregado) é mesmo necessário um testamento.

A dra. Paula Mano, da Sociedade de Advogados Mano e Rodrigues, esclarece o que está previsto na legislação sobre os beneficiários de herança.

Lido 144 vezes Última alteração em terça-feira, 03 maio 2022 22:37
Tagged under:

Artigos relacionados

Visitantes

13208230
Hoje658

O Cantinho da Madeira nasceu no ano 2006 com o objetivo de promover a Região Autónoma da Madeira, em especial junto da comunidade portuguesa no mundo.

Descarregue as nossas APP´s
para iOS e Android

Top
Aviso! Este site utiliza cookies para melhorar e personalizar a navegação dos utilizadores. More details…