ÚLTIMAS RCM

  • Debulha do Trigo, na Cruz da Guarda (com vídeo)
  • Já conhece o "Quim dos Apitos"? Oiça a entrevista
  • Que dentinho é este? É o petisco de muitos arraiais madeirenses
  • Pedro Mafama: o artista que popularizou com "Preço Certo" foi entrevistado na RCM
  • Bryan Wilson: um cantor madeirense no mundo. Oiça a entrevista
  • Sérgio Rossi atua em setembro na Madeira. Oiça a entrevista
  • Micaela: a mulher de vários ofícios. Oiça a entrevista.
  • Que sandes é esta? Espreite o vídeo.
  • José Cid prepara nova música dedicada à Madeira. Oiça a entrevista
  • Myson gravou videoclipe na Madeira com o tema "Sandy bandida". Oiça a entrevista.
  • Entrevista: Valter Duarte integra musical com estreia para junho, em Londres
  • António Manuel Ribeiro, vocalista UHF, em entrevista à RCM
  • Márcio Amaro: Da Camacha para o mundo da música
  • Colares de "Maios" (vídeo)
  • Sylvia a cantar "Até ao infinito". Oiça a entrevista
PUB
Moinho de São Jorge Moinho de São Jorge

Moinho de São Jorge

Não há registo da data de construção do Moinho da Achadinha, na freguesia de São Jorge. No entanto, estima-se que tivesse nascido há mais de 300 anos.

O moinho, alimentado pelas águas da Levada do Rei, foi recuperado no ano 2000 e continua a moer trigo e milho nos mesmos moldes do passado.

Uma tradição secular que desperta a atenção de turistas e residentes que por ali passam. É dos poucos moinhos a água e com a vantagem de se situar junto à estrada. A diferença está na quantidade de milho e trigo moída. Nada se compara à de outros tempos. Ainda assim, pela pedra do moinho passam o trigo, o milho, a cevada e o centeio plantados nos poios agrícolas de São Jorge.

De vez em quando é preciso melhorar o desempenho das pedras do moinho. Ficam gastas com o tempo e uso contínuo. São tiradas e picadas e colocadas, de novo, no lugar. No entanto, quando ficam muito finas têm mesmo de ser substituídas.

O moinho a água, com paredes de pedra, guarda também algumas peças utilizadas nas casas em outros tempos. Objetos em barro, candeeiros a petróleo, artigos talhados em madeira, objetos em linho e um fuso. Memórias do passado agora em exposição e preservadas, ao longo das últimas 4 décadas, pelo moleiro Lino Mendonça e a senhora Ana Rosa. O espaço envolvente também foi devidamente arranjado e ornamentado com flores do campo.

É, sem dúvida, um bom exemplo de preservação do património e das tradições da Madeira. O Moinho está de portas abertas todos os dias entre as 9 e as 20 horas. 

Antes da visita ao Moinho sugerimos um passeio pela Levada do Rei.

Um percurso recomendado que oferece vistas fantásticas de São Jorge e Santana. É possível ainda apreciar uma área de floresta natural rica em biodiversidade. O passeio finaliza junto ao Ribeiro Bonito onde o visitante é confrontado com um coberto vegetal genuinamente madeirense. É um autêntico santuário dominado pela Laurissilva – Património Natural da Unesco desde 1999.

Lido 13581 vezes
Cantinho da Madeira

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Artigos relacionados

Visitantes

18959561
Hoje12961

Associação Cultural e Recreativa Cantinho da Madeira
NIPC 517 099 950
Registo na ERC: 700067

Descarregue as nossas APP´s
para iOS e Android

Top
Aviso! Este site utiliza cookies para melhorar e personalizar a navegação dos utilizadores. More details…