ÚLTIMAS RCM

  • António Manuel Ribeiro, vocalista UHF, em entrevista à RCM
  • Márcio Amaro: Da Camacha para o mundo da música
  • Colares de "Maios" (vídeo)
  • Sylvia a cantar "Até ao infinito". Oiça a entrevista
  • Maria Leal entrevistada na Rádio Cantinho da Madeira
  • Roni de Melo: Do Brasil para Portugal
  • Nelo Ferreira: de Matosinhos para o Mundo.
  • Já validou as faturas no Portal das Finanças? Conheça os prazos.
  • Valter Duarte: "The Villain".
  • Vozes do Atlântico - Max. Recorde o vídeo.
  • Dias da Festa: Gastronomia na Venezuela
  • Dias da Festa: regresso dos "embarcados"
  • Dias da Festa: Dia da Imaculada Conceição
  • Dias da Festa: Sinais do Natal
  • DECO alerta para uso correto do cartão de crédito. Oiça as recomendações.
PUB
Festa de Santo Amaro Festa de Santo Amaro Arquivo Cantinho da Madeira

Festa de Santo Amaro

As festividades em honra de Santo Amaro, a 15 de janeiro, marcam, em certas localidades da Madeira, o fim da época Natalícia. Os presépios ou as lapinhas são desmontados e as iguarias que sobraram do Natal são partilhadas pela família e amigos. É o chamado “varrer dos armários”.

Os devotos do Santo Amaro andavam de porta em porta a exemplo do que acontece na noite de Reis, de 5 para 6 de janeiro. De vassoura em punho aproveitavam para juntarem os restos da “festa” desde os licores às broas. Com o passar dos anos a tradição tem vindo a perder força e das visitas casa a casa restam apenas algumas situações pontuais.

Ainda assim, todos os anos o “varrer dos armários” é assinalado simbolicamente por algumas instituições culturais do concelho de Santa Cruz. Pelas ruas ouvem-se quadras e cantigas caraterísticas de cada localidade.

» A devoção a Santo Amaro

O povo madeirense deposita forte devoção a Santo Amaro. Por sinal, o santo mais popular do mês de janeiro. Prova disso são as capelas mandadas erguer em sua honra. Algumas foram mantidas até aos dias de hoje. São exemplos as capelas existentes no Paul do Mar, Santa Cruz e Santo Amaro, no Funchal.

Em Santa Cruz, o religioso e o profano juntam-se em uma série de festividades que, regra geral, prolongam-se por vários dias. É das localidades da Madeira onde a tradição tem mais peso. Na véspera, os romeiros, muitos dos quais emigrantes, chegam de vários pontos da Ilha para participar na procissão.

A imagem do Senhor Santo Amaro é transportada da Capela até à Igreja Matriz, onde é celebrada a missa solene. Os fiéis juntam-se em devoção transportando velas e membros do corpo feitos em cera para, desta forma, cumprirem promessas feitas a Santo Amaro. No dia da festa (15 de janeiro) a imagem é levada de volta, em procissão, para a Capela, onde permanece todo o ano.

As barracas com comes e bebes e a atuação de diversos grupos de música tradicional complementam as festividades em honra de Santo Amaro.

Lido 27834 vezes
Cantinho da Madeira

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Visitantes

18289155
Hoje1696

Associação Cultural e Recreativa Cantinho da Madeira
NIPC 517 099 950
Registo na ERC: 700067

Descarregue as nossas APP´s
para iOS e Android

Top
Aviso! Este site utiliza cookies para melhorar e personalizar a navegação dos utilizadores. More details…